Abutres financeiros temem volta de Lula

Por Altamiro Borges, Blog do Miro

Na semana passada, a revista estadunidense Forbes, dedicada à chamada elite empresarial – ou seria cloaca burguesa? – publicou um longo artigo sobre a economia brasileira e as perspectivas do futuro. Trechos da matéria foram traduzidos e reproduzidos pelo Jornal do Brasil sob o título: “Forbes: Investidores analisam possibilidade de Lula vencer em 2018”. A publicação ouviu apenas os agentes do mercado financeiro, os famosos abutres. Eles se dizem animados com o fim da recessão no país e – muito excitados – com as contrarreformas neoliberais orquestradas pelo covil golpista. O temor, afirmam, é com o retorno de Lula em 2018.

“Matéria publicada nesta quinta-feira (24) pela Forbes conta que após quase três anos de recessão a economia brasileira está crescendo novamente. Nada de muito significativo, mas sair da taxa negativa já anima os investidores… Mas existe uma faísca de preocupação lá fora que tem menos a ver com o aumento dos preços dos títulos brasileiros e mais a ver com a conversa de Luiz Inácio Lula da Silva retornando ao poder em 2018… O PT que ele criou foi golpeado pelos eleitores em outubro. Ainda assim, Lula não pode ser descartado como forte candidato à Presidência. Ele é, de longe, a maior estrela política do Brasil”.

Para Mike Reynal, gerente do fundo Sophus Capital, “seria ruim para a economia um retorno de Lula em 2018. ‘Uma nova presidência de Lula seria manchada de lembranças de corrupção, má administração e burocracia judicial ligadas à presidente Dilma… Seríamos definitivamente mais céticos’, afirma… ‘O mercado já está especulando que o Brasil pode obter crédito quando aprovarmos a reforma das pensões’, diz Fernando Bergallo, diretor da FB Capital. ‘Uma vitória de Lula acabaria com tudo isso. Sem dúvida, Lula seria um desastre para as finanças do país e traria pânico para os mercados financeiros’, diz ele”.

Leia::  E eis que nos transformamos na República da Chalana Champagne

Os abutres financeiros – que se entusiasmaram com o “golpe dos corruptos” que alçou Michel Temer ao poder – temem pela vitória de Lula nas eleições presidenciais de 2018. Eles estão fazendo bilionários negócios e ganhando muito dinheiro com os usurpadores que assaltaram o Palácio do Planalto. A entrega do pré-sal, os cortes dos gastos públicos em saúde e educação, as privatizações de estatais e as contrarreformas trabalhista e previdenciária, entre outras medidas de desmonte da nação e do trabalho, animam esta gente ambiciosa, sem qualquer escrúpulo ou caráter. Daí o medo diante do risco da volta de Lula!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *