Banco Mundial corta expectativa do PIB do Brasil: de 0,7% para 0,3%

por Fernando Brito, Tijolaço

A festa de Michel Temer e Henrique Meirelles com o resultado do PIB no primeiro trimestre (puxado por uma alta da soja, milho, petróleo e minério de ferro que já se reverteu) não contagiou os técnicos do Banco Mundial.

Mesmo antes de se refletirem na economia os efeitos da crise política detonada com a delação da JBS, os técnicos do Banco Mundial reduziram a menos da metade a perspectiva de crescimento do Produto Interno Bruto brasileiro: de 0,7% para 0,3%.

Está no Valor:

O Banco Mundial reduziu para 0,3% a projeção de crescimento da economia brasileira para 2017. Essa perspectiva representa uma redução com relação à anterior, que foi feita em abril e indicava 0,7% para o PIB do país neste ano. A nova estimativa, divulgada neste domingo, foi feita antes do impacto da delação de Joesley Batista, dono da JBS, que dificultou ainda mais o cenário para a aprovação de reformas com efeitos positivos à economia do país, como a da Previdência e a trabalhista.

A “retomada” é uma piada.

Trágica.

Leia::  No mercado, tanto faz quem governe, importa é o rentismo mandar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *