Caiado é o primeiro político golpista a se alinhar com 90% do País

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, fez um movimento importante que o coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018; como 78% dos brasileiros querem a cassação do mandato de Michel Temer e 90% defendem eleições diretas para escolher o novo presidente, segundo pesquisa Vox Populi, Caiado se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin afundam no abraço de afogados que deram em Temer

Brasil 247

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) anunciou, neste sábado 22, seu rompimento com o governo de Michel Temer e defendeu a convocação imediata de eleições diretas, não só para a presidência, mas para todos os cargos, como a única forma de pacificar o País.

Trata-se de um movimento importante por ter vindo de um político a coalizão golpista – Caiado apoiou o golpe que tirou do poder uma presidente eleita em nome do combate à corrupção, movimento que arruinou a economia brasileira a imagem internacional do País.

Com a decisão, o senador goiano, que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, se coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018.

Isso porque 78% dos brasileiros defendem a cassação de Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e 90% querem escolher seu substituto por meio de eleições diretas. Caiado então se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin, todos delatados pela Odebrecht na Lava Jato, afundam no abraço de afogados que deram em Temer.

Leia::  A crise do Rio vai explodir. É questão de dias

One comment

  1. No país que eu inventei, quem tem força e dever pra colocar ou tirar político do poder, somos nós com o título na mão, arma imprescindível que nunca falha. Mas já tá na hora de tirar temer da presidência, pois este políticos aí não me representa pois sou muito honesto. Somos nós quem devemos eleger o próximo presidente e não o congresso. No páis que eu inventei pra ser candidato a cargo público, o candidato tem que ser formado em administração de empresas com especialização em administração de cidades. No páis que eu inventei, o candidato tem que ter ficha limpa e Folha corrida limpa. No páis que eu inventei não pode haver reeleição pra candidato e não pode ocupar cargo público nunca mais salvo por concurso. No páis que eu inventei qualquer desvio de conduta e caso de cadeia e o advogado que for defender ladrao será preso também. No pais que eu inventei tem muitas regras. Agora se este pais nao tem condiçoes ser parecido com o meu, o melhor é transformar wm regime de reinado ressussitar D. Manuel e devolver as crias dos ladrões para Portugal em caravelas de novo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *