Constrangedor: PSDB encomenda pesquisa para saber o que fazer com Aécio e resultado é afastamento imediato

Da Coluna do Estadão:

O PSDB encomendou pesquisa para saber “como deve agir em relação às acusações feitas ao senador Aécio Neves”. O resultado deixou os tucanos numa saia-justa: 61% defenderam o afastamento imediato dele do partido; 32% recomendaram à sigla “esperar a conclusão das investigações para tomar uma decisão” e 7% não se manifestaram. A maioria dos que pedem a saída de Aécio é homem (63%), tem entre 45 e 59 anos e curso superior. E ainda: 61% votaram nele no 1º e 2º turnos e 58% só no 2º turno. A pesquisa foi feita em 9 de junho.

Metodologia. O PSDB encomendou a pesquisa ao Ipesp. Foram ouvidas 3.062 pessoas de todas as regiões do País. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Daqui não saio. Após ser tragado pela delação do empresário Joesley Batista, Aécio se afastou da presidência da sigla. Interlocutores dizem que ele não vai renunciar à vaga e tampouco se desfiliar.

Paisagem. O resultado da pesquisa constrangeu tucanos. Presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), José Aníbal chegou a negar a existência da enquete.

Pedindo cola. Os tucanos também perguntaram na pesquisa estimulada o que seria melhor para o País. Resultado: 36% disseram que Temer deve ficar; 35% que deve renunciar e 20% sofrer impeachment.

Leia::  Janot e Gilmar perderam o decoro. Como a imprensa também perdeu, não liga

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *