Critique Moro e ganhe uma intimação da Federal

por Fernando Brito, Tijolaço

O juiz Sérgio Moro deve andar com síndrome de perseguição.

Agora, criticá-lo é razão suficiente para alguém ser constrangido a receber uma intimação – bem, é sempre melhor que uma condução coercitiva, não é? – para ir depor na Polícia Federal.

Depois do blogueiro Eduardo Guimarães, foi a vez do  diretor adjunto da  Secretaria de Saúde do Trabalhador da CUT – Rio, Roberto Ponciano, serventuário da Justiça Federal no Rio , receber um  mandado de intimação para ir depor na Polícia Federal .

O mandado não esclarece do que Ponciano é acusado, mas se refere a “pessoas  ainda não identificadas estariam usando perfis em rede sociais par atentar contra a vida do juiz federal Sergio Moro”.

Além de um cursinho de respeito à lei, seria bom que a polícia arranjasse um redato melhor para seus inquéritos, porque é simplesmente “atentar contra a vida” de alguém com postagens nas redes sociais.

Menos, não é, doutor delegado Marcio Anselmo, até porque os que pregam o uso da força e das armas para “resolver situações” são quase todos apoiadores do Dr. Moro.

Ou o senhor não viu o Bolsonaro batendo, pateticamente, continência ao Marechal de Curitiba?

Leia::  O presente de Temer a Marcela no Dia das Mães: a babá de Michelzinho paga com dinheiro púbico

One comment

  1. Pingback: Free Piano

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *