Daniela Mercury puxa ato por diretas em Salvador: Não aceito eleição indireta

A rainha do Axé Music fez discurso forte por eleições diretas na noite deste domingo no Farol da Barra, em Salvador; Daniela Mercury puxou as mais de 30 mil pessoas que foram protestar contra a permanência de Michel Temer no governo e pela possibilidade de eleições indiretas para escolha dum novo presidente quando ele cair; “A corrupção não resiste à democracia. A democracia é o melhor dos regimes. Então vamos mostrar que não desistimos de nós. Que não desistimos da democracia. A democracia não vence por nocaute, vence por pontos. Cada um de nós é um ponto pra democracia. Espero você agora no Farol da Barra. Não aceito eleição indireta. O único caminho pra democracia é um governo novo eleito pelo povo”, disse Daniela

Do Brasil 247

A rainha do Axé Music fez discurso forte por eleições diretas na noite deste domingo no Farol da Barra em Salvador. Daniela Mercury puxou as mais de 30 mil pessoas que foram protestar contra a permanência de Michel Temer no governo e pela possibilidade de eleições indiretas para escolha dum novo presidente quando ele cair.

“Cada um de nós é um Farol de luz na escuridão. A democracia precisa dessa luz. Depois de 40 dias e 40 noites o dilúvio não resistiu a arca de Noé. A corrupção não resiste a democracia. A democracia é o melhor dos regimes. Então vamos pra o Farol da Barra pra mostrar que não desistimos de nós. Que não desistimos da democracia. A democracia não vence por nocaute, vence por pontos. Cada um de nós é um ponto pra democracia. Espero você agora no Farol da Barra. Não aceito eleição indireta. O único caminho pra democracia é um governo novo eleito pelo povo”, disse Daniela.

Leia::  Temer se esfarinha. E leva o Brasil com ele.

Além da presença maciça da bancada baiana de oposição no Congresso, o ato teve participação das principais centrais sindicais brasileiras. O presidente da Central Única dos Trabalhadores na Bahia (CUT Bahia), Cedro Silva, confirmou a nova ‘greve geral’, marcada para dia 30 próximo. Segundo ele, dia 20 haverá “um esquenta” em Salvador, com uma caminhada do Campo Grande à Praça Castro Alves, às 15h.

“Hoje estamos aqui no Farol da Barra, em um ato que une a Bahia, que se associa ao Brasil na luta pelas eleições diretas e pelo reestabelecimento da democracia no nosso país. E que não pode continuar sendo discutida aquela pauta que retira o direto dos trabalhadores como o projeto da terceirização, como o projeto da reforma previdenciária”, afirmou Cedro.

Presidente da ‘Frente Suprapartidária pelas Diretas Já’, o senador João Capiberibe (PSB), do Amapá, disse que os atos vão continuar em todo o País, até Temer ser cassado ou renunciar.

“A ideia é isso: juntar, unir, ampliar os movimentos sociais, as centrais sindicais, o movimento da sociedade civil, artistas, personalidades, políticos, governadores, senadores, deputados, vereadores e representantes da comunidade diante do povo. É uma grande corrente pelas Diretas”.

Além de Daniela Mercury, o ato teve participação ainda de artistas como Margareth Menezes e a banda Baiana System, liderada por Russo Passapusso.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *