Deputado quer indenização por infidelidade conjugal

Por Fernando Brito, Tijolaço

Quando você pensa que a cruzada moralista no Brasil já atingiu seu ápice, eis que surge uma notícia para mostrar que a imbecilidade pode descer ainda vários degraus.

O site jurídico Jusbrasil noticia que o deputado Rômulo Gouveia, do PSD da Paraíba e ex-tucano, apresentou um projeto de lei estabelecendo que infidelidade conjugal passe a ser motivo de condenação por dano moral, isto é, de indenização.

Nem é preciso argumentar que, obvio, é problema da vida privada das pessoas.

O deputado, esta figura que você vê ai na foto, corre muito risco de não ter um voto naquela Brasília da “Chalana do Amor”.

E não deve ter ouvido a simpática e incorretíssima valsinha do Juca Chaves sobre “esta é a vida que eu sempre quis”e as rimas que se seguem.

Estamos no século 21, mas tem gente que ainda não percebeu.

Mas, reconheça-se, vai gerar emprego: o de fiscal de motel.

Uma fotozinha e já dá para o cliente ou a cliente embolsar uma indenização.

O deputado, que é acusado de desviar milhões de reais quando era vice-governador da Paraíba, deveria se preocupar mais com a fidelidade do uso do dinheiro público.

Para quem duvida, aqui está o projeto oficial na Câmara.

Ah, Stanislaw Ponte Preta, que falta você faz no festival de besteiras que se tornou o Brasil.

Leia::  Em dia de manifestações, Congresso recua de Reformas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *