E Temer virou piada no mundo com sua ‘homenagem’ às mulheres

O mundo ri de Temer
por Paulo Nogueira, DCM

Temer virou assunto em alguns dos mais relevantes veículos da mídia internacional, da CNN ao NY Times, do El País ao Telegraph.

Esta a boa notícia para ele.

A má é que ele foi objeto de um misto de piada e estupefação.

O motivo foi o discurso que ele fez no Dia das Mulheres. O anacronismo ululante de suas palavras chamou a atenção do mundo.

O ponto da fala que mais repercutiu foi aquele em que Temer fala da importância da mulher ao fazer o supermercado.

Até minha avó Cotinha — Deus a tenha — teria achado estupidamente obsoleto o pronunciamento de Temer.

A imprensa brasileira ficou calada, em seu esforço épico para proteger Temer até ele fazer o serviço sujo que se espera dele — essencialmente, a destruição dos direitos dos pobres.

Mas as redes sociais prontamente reagiram, e com elas a mídia internacional.

O discurso de Temer é o melhor retrato dele e de seu governo: mentalmente velho para além da imaginação.

Quem terá escrito o texto? Me ocorreu essa pergunta. Escrever discursos presidenciais é sempre tarefa de quem goza de imenso prestígio diante do chefe.

O redator anônimo da fala acabou, involuntariamente, prestando um serviço para a sociedade ao mostrar o que vai nas profundezas da cabeça de Temer.

Mulher é para fazer supermercado e criar filhos, empregado é para dizer amém ao patrão — e por aí vai.

Numa entrevista ao 247, Dilma disse que Temer é “menor que o Brasil”.

A “homenagem” às mulheres deixou claro que ele não é apenas menor que o Brasil — mas um homem que trabalha para que o país como um todo se reduza à sua insignificante estatura.

Leia::  Os personagens são os de sempre…

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *