Igreja toma posição e diz que Temer crucifica o povo brasileiro

A Igreja Católica seguiu o que disse que faria e se posicionou abertamente contra as ações de Michel Temer; durante uma pregação ontem em Ouro Preto (MG), na representação da crucificação de Jesus, o sacerdote não poupou críticas ao governo e ao Congresso Nacional; “Irmãos e irmãs, vamos refletir para arrancar o povo brasileiro dessa corja de ladrões, que continuam a crucificá-lo. Assim como tiveram os algozes de Jesus, nós também temos aqui os algozes do povo brasileiro. Principalmente na figura do seu presidente, que continua a roubar-lhe os direitos, que continua a crucificá-lo mais e mais”, disse o celebrante; na semana passada, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil já havia “declarado guerra” aberta às reformas de Temer e seus aliados

Do Brasil 247

A Igreja Católica de Minas Gerais aproveitou a semana Santa para se pronunciar contra Michel Temer e o Congresso Nacional.

Em Ouro Preto (MG), durante uma pregação  na representação da crucificação de Jesus, o sacerdote não poupou críticas ao governo e ao Congresso Nacional, que ele classificou como uma corja que rouba o povo.

“Irmãos e irmãs, vamos refletir para arrancar o povo brasileiro dessa corja de ladrões, que continuam a crucificaçá-lo. Assim como tiveram os algozes de Jesus, nós também temos aqui os algozes do povo brasileiro. Principalmente na figura do seu presidente, que continua a roubar-lhe os direitos, que continua a crucificá-lo mais e mais”, disse o celebrante.

Na semana passada, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil já havia “declarado guerra” aberta às reformas de Temer e seus aliados, que prejudicariam o povo em nome do favorecimento dos mercados

Leia::  Temer pode perseguir quem o delatou?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *