Jobim verbaliza no Estadão o corte das asas de Moro

por Fernando Brito, Tijolaço

Nélson Jobim está longe de ser esquerdista, muito menos santo de meu altar.

Foi ministro da Defesa dos governos Lula e Dilma, mas também foi Ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, que o nomeou para o Supremo Tribunal Federal, do qual foi presidente  e onde ainda tem grande interlocução.

Por isso, a sua entrevista ao Estadão – que, salvo surpresas, será a matéria de política mais importante do domingo de Carnaval –  tem um peso imenso e é um dos mais duros golpes assestados na atuação do MP e do juiz Sérgio Moro.

Ao dizer que há  “espetacularização” e “arbitrariedades” na Operação Lava Jato, Jobim não está falando por si.

E não fala pelo PT ou por Lula, porque se absteve de falar até agora.

Mas está falando pelos políticos, pelo governo e pela cúpula do Judiciário, com um som de tesoura pronta a cortar as asas do juiz Sérgio Moro e da tal “força tarefa”.

Jobim, sem citar nomes, não se furtou a apontar casos concretos dos quais todos sabem quem são os autores.

Inclusive contra o tribunal revisor das decisões de Moro, o Tribunal Regional Federal da 4a. Região, que tem homologado, por princípio, o que é decidido em Curitiba. E vai além de insinuar que Moro quer projeção política com o que faz.

Leia este trecho da entrevista de Jobim:

(…)há também, digamos, uma tendência, um equívoco, em que alguns juízes acham que têm de fazer justiça e não aplicar a lei. Quem diz ‘não, eu não vou aplicar a lei porque o que julgo é ilícito’, de onde vem esse poder? Do concurso público que o transformou em juiz? Essa discussão do projeto das 10 medidas anticorrupção (projeto que está na Câmara a ser enviado para o Senado), que foi oferecido pelo Ministério Público, inclui posições de alguns promotores ridículas. Tinha absurdos completos em termos de atribuição de uma espécie de um poder sacerdotal para efeito investigatório.

A Lava Jato tem ferido os direitos das defesas, por exemplo?

Há exageros. Inclusive nas prisões que são feitas em Curitiba (sede da operação sob responsabilidade do juiz federal Sérgio Moro), em que as coisas vão se prolongando e resultam em delações. Outro exemplo, condução coercitiva. Ela só é admissível quando alguém se nega a ir em uma audiência em que foi previamente intimado. Mas não se admite que alguém que não foi convocado para depor seja levado coercitivamente para depor.

A do Lula foi arbitrária?

Sim, não tenha dúvida. Isso é muito bom quando você está de acordo com o fim, mas quando o fim for outro… O dia muda de figura quando acontece contigo. O que nós temos de deixar claro é essa coisa da exposição dos acusados. Vão pegar um sujeito em um apartamento e aparece gente com metralhadora, helicóptero. Tudo isso faz parte daquilo que hoje nós chamaríamos de ação-espetáculo, ou seja, a espetacularização de todas as condutas. O Judiciário não é ambiente para você fazer biografia individual. Biografia se faz em política. 

O sr. acredita em “desmonte” da Lava Jato?

Não, isso faz parte do discurso político. Evidente que quem está sendo perseguido vai querer fazer isso (desmontar), agora se afirmar que está acontecendo, é só discurso. Evidente que você tem de afastar a prática de violências de qualquer natureza. Nós não podemos pensar de que se algo foi malfeito, autoriza que seja mal feito também a forma de persegui-los.

Por exemplo?

A divulgação da gravação da presidente Dilma com Lula depois que havia encerrado o tempo de gravação, autorizado pelo próprio juiz que havia determinado a gravação. Você acha isso legítimo? Qual é a consequência disso? Esse episódio é seríssimo. Houve algum processo para verificar se houve algum abuso? Há um inquérito sobre isso? Que eu sabia, houve várias tentativas por parte dos interessados e que não aconteceu nada. Lembro bem que chegaram até a dizer: ‘Casos excepcionais requerem medidas excepcionais’. 

E conclui dizendo que densidade eleitoral “é uma coisa que não se constrói dentro do tribunal.”

11 comments

  1. You really make it seem so easy with your presentation but I find this topic to be actually something that I think I would never understand. It seems too complicated and extremely broad for me. I’m looking forward for your next post, I will try to get the hang of it!

  2. Hey! I realize this is kind of off-topic however I needed to ask. Does operating a well-established blog such as yours require a massive amount work? I’m completely new to blogging however I do write in my journal everyday. I’d like to start a blog so I can easily share my experience and views online. Please let me know if you have any kind of ideas or tips for new aspiring bloggers. Appreciate it!

  3. Hi! This post could not be written any better! Reading this post reminds me of my previous room mate! He always kept chatting about this. I will forward this article to him. Fairly certain he will have a good read. Thank you for sharing!

  4. Many people harbor a great deal of a nervousness concerning the writing art and as an outcome many adult tutors are faced with considerable opposition. Continue reading for more information. Start with writing responsibilities that promote rather than discourage creativity and appearance. Avoid studying that might be also difficult. Concentrated free writing is a superb strategy to promote this. Even pulp fiction is well-crafted prose and the mere exposure to distinct, succinct passages may encourage an intuitive knowledge of efficient prose. Excellent writers aren’t simply delivered but manufactured through countless hours of practice and endurance. A forbidding environment squelches understanding. Tune in to what your individuals have to state about their particular writing method. Not everybody may understand within the same manner and it’s also very important to stay ready to accept various types of understanding and adjust your training appropriately. Keep in mind that teaching writing can be a calling which should you not have a for that issue your students will have a way to tell.
    book report format 2nd grade
    reporting of results in laboratory
    lab report biology format

  5. It’s almost awesome that it got until 2014 for a person who put together a book collecting the number of initial handwritten lyrics of Beatles songs as Hunter Davies did with “The Beatles Words: The Reports Behind the Music, Like The Handwritten Breezes Greater Than 100 Basic Beatles Tunes” (Small Brown & Co.) which came out in the United States through the christmas. The book features over 100 tracks, including “Do Not Bother Me,” “Little Child,” “Hold Me Limited,” “You Have to Cover Your Love Away,” “Nowhere Man,” “In My Life,” “Taxman” and “Goodday Sunshine.” “I Want To Carry Your Palm” was named “I Wanna Hold Your Hand” in Paul McCartney’s handwriting. And George Harrison’s handwritten version of “Something” within the book has an additional line which was left off the completed type. Included in these are the 1967 Everyday Mail history that’s considered to have inspired “She Is Making Household.” The only criticism, if you like to call it that, is that it doesn’t contain each and every Beatles music, which may certainly be a difficult undertaking. It will likely be in the same way amazing at what is currently while in the guide to find out what is discovered in the foreseeable future.
    research paper high school
    write a book report
    education case study examples

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *