Kennedy: Lava Jato, que tabela com mídia, tem pouca autoridade moral para investigar vazamento

“É preciso averiguar a consistência dos motivos para levar o blogueiro Eduardo Guimarães a depor coercitivamente na Polícia Federal em SP. Se for devido a vazamentos, investigadores da LJ têm pouca autoridade moral diante da tabelinha que fazem com jornalistas quando desejam”, afirma o jornalista; com a ação, ele vê risco de “ferimento das liberdades de informação e de expressão”

Do Brasil 247

O jornalista Kennedy Alencar questionou nesta terça-feira 21 a “consistência dos motivos” que levaram a Polícia Federal a realizar um mandado de condução coercitiva contra Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania.

A PF apura o autor de um vazamento sobre a condução coercitiva do ex-presidente Lula, em março do ano passado, publicada antecipadamente por Guimarães à época.

“É preciso averiguar a consistência dos motivos para levar o blogueiro Eduardo Guimarães a depor coercitivamente na Polícia Federal em SP. Se for devido a vazamentos, investigadores da LJ têm pouca autoridade moral diante da tabelinha que fazem com jornalistas quando desejam”, afirma o jornalista.

“São necessárias justificativas para ações dessa natureza, sob pena de ferimento das liberdades de informação e de expressão. Se há acusações de delitos cometidos por blogueiros, precisam ser tornadas públicas e checadas caso a caso”, acrescentou.

Leia::  Para ferrar Moro, Gilmar absolve Lula?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *