‘Maia não pode presidir o Brasil porque tem o coração peludo’, diz Requião

Via Blog do Esmael

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente da Frente Ampla Parlamentar, elencou nesta sexta-feira (7) o “coração peludo” como impeditivo de Rodrigo Maia (DEM-RJ) assumir a presidência da República.

“Prefeito do interior me liga e diz: este Maia é coração peludo, “trai o Temer e mantem o Meireles”. Vai ser “CORAÇÃO PELUDO” LÁ LONGE”, tuitou Requião.

“Coração peludo” é uma expressão popular para designar uma pessoa egoísta, sem caráter e moral, que tem ódio no coração e age em desfavor do coletivo.

Para o senador da Frente Ampla, além de coração e mãos peludos, Maia seria os braços curtos do mercado com vistas à extinção de direitos e o banqueiro Henrique Meirelles no comando da economia. Por isso é “Diretas já!”, escreveu Requião.

Pelo Twitter, Rodrigo Coração Peludo, que já age como se fosse presidente da República, adiantou que vai ferrar ainda mais os trabalhadores e o povo brasileiro. “Não podemos estar satisfeitos apenas com a reforma trabalhista. Temos Previdência, Tributária e mudanças na legislação de segurança pública”, disse o “Coração Peludo”.

“O Maia “coração peludo” quer extinguir a Justiça do Trabalho. Livrai-nos disto!”, disparou Roberto Requião. “Os ‘coração peludo’ querem aprovar o fim da CLT! Vade retro Satanás!”

Neste sábado (8), em Curitiba, a Frente Ampla realiza o lançamento nacional da campanha pelas Diretas. A palavra de ordem é, desde já, Fora Maia, porque o povo quer votar para presidente da República.

Leia::  Temer só é aprovado por 2% e 87% querem diretas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *