Mística do poder legítimo, “Diretas Já” é Excalibur! Ou de por que não podemos abrir mão das diretas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *