Saudade do Lula, saudade do Brasil

por Emir Sader, Brasil 247

Saudade de quando o Brasil dava certo.

Saudade de quando tínhamos orgulho de ser brasileiros.

Saudade de quando não havia preocupação de perder o emprego.

Saudade de quando o salário aumentava mais do que a inflação.

Saudade de quando já não tinha mais gente morando na rua.

Saudade de quando já não havia mais meninos vendendo balas nas ruas.

Saudade de quando as crianças e os jovens iam todos às escolas.

Saudade de quando quem precisava recebia o Bolsa Família.

Saudade de quando mais e mais gente podia comprar sua casa.

Saudade de quando cada vez mais jovens chegavam nas universidades.

Saudade de quando tantos jovens brasileiros estudavam no exterior.

Saudade de quando o governo se reunia e ouvia o que as pessoas pensavam e queriam.

Saudade de quando o Brasil era muito respeitado no mundo.

Saudade de quando o Brasil tinha relações de irmandade e de solidariedade com os outros países.

Saudade de quando os brasileiros votavam e decidiam quem iria ser presidente do Brasil.

Saudade de quando se podia esperar que os juízes fossem imparciais e decidissem tudo em base às leis e à Constituição.

Saudade de quando havia rádio e TV públicas.

Saudade de quando havia respeito e confiança em quem era presidente do Brasil.

Saudade de quando éramos felizes e sabíamos.

Saudade da democracia.

Saudade do Lula.

Saudade do Brasil.

Leia::  Existir está me machucando

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *